"O novo normal" Já é tempo de encarar mudanças

Atualizado: Mai 20



No começo do isolamento social, muitas pessoas estavam tranquilas, com o pensamento positivo, onde tudo logo "passaria" e em breve, nossas vidas voltariam ao normal. Falando pelo segmento de moda, as marcas que não possuíam venda online, trataram de rever seu fluxo de caixa, cortar pessoal e gastos. Muitos estavam com a mente fixa na ideia que "ok isso em breve vai passar e tudo vai voltar ao normal". Estamos caminhando para 11º semana de quarentena e eu vos digo nada mais será como antes!


Para os empresários que estão esperando tudo voltar ao normal para tomar atitudes, esses são as que rapidamente serão extintas. Segundo Darwin a seleção natural não é sobre o mais forte ou com mais poder que iria sobreviver, mas sim o mais adaptável. Empresas adaptáveis que vão continuar existindo.


Durante a quarentena novos hábitos foram adotados por boa parte da população, e alguns deles serão mantidos, de acordo com a pesquisa realizada pela Toluna entre 8 e 10 de maio com 1.052 pessoas de todas as regiões do país.


Os entrevistados afirmaram que pretendem manter hábitos como higienizar todas as coisas que entram em casa (59,5%), cozinhar (49,6%), fazer cursos online (43%) e ir ao mercado ou farmácia somente quando for extremamente necessário (40,6%).

Quando questionadas sobre tendências pós-pandemia, 63,6% das pessoas acreditam que o trabalho remoto irá se manter, a educação a distância (58%), busca por novos conhecimentos continua (57%), novos modelos de negócios para restaurantes (54,3%) e revisão de crenças e valores (49,6%).


Um dado importante para a industria da moda, que com a venda online como única opção, as pessoas estão mais propícias a fazer compras de forma consciente, pois têm mais tempo de pensar antes de fechar o carrinho!

Já é tempo de encarar mudanças, tomar atitudes, adaptar seu modelo de negócio! Listei algumas marcas de moda, que a mudança é o agora!


Amaro



Sem poder unir profissionais para uma sessão de fotos, a Amaro criou a Mara, modelo virtual! Ela que abrilhantará as redes sociais da marca, divulgando produtos e mostrando composição de looks. É uma forma da marca se adaptar e produzir conteúdo, mesmo não podendo unir pessoas.


Steal the Look



O Steal the Look é uma plataforma de moda e comportamento, onde podemos encontrar looks/tendências de moda e "roubar" essas combinações". De que forma? Marcas divulgam seus produtos lá, com base nas matérias escritas pelas look stealers!


Com isolamento social, as donas da plataforma não viram sentido divulgar moda e apenas moda. Elas reposicionaram a marca com a campanha "Steal the Mood" onde o estado de espirito é tema central da plataforma. Os assuntos vão além de moda e sim: comida, games, beleza, autocuidado, saúde mental e etc.


C&A



Com todos os consumidores em casa, a gigante C&A criou a iniciativa C&A em casa, a marca abre espaço em suas redes sociais para profissionais autônomos fazerem lives dividindo e divulgando seus conhecimentos. A ação ocorre de forma remunerada, ou seja os profissionais além de divulgarem seus trabalhos em um canal grande, eles recebem por isso!


Isso gera entretenimento, levando mais pessoas a rede social da marca e também ajuda os profissionais autônomos, eu fui uma das profissionais convidadas pela marca e foi uma experiência incrível!


Qual mudança você fará para sua marca? Agora não é tempo de estagnar e sim mudar! Nada mais será como antes, cabe a você empreendedor ter claro onde quer chegar ? Na sobrevivência ou extinção?






27 visualizações

Se inscreva na nossa newsletter

©2020 por Moda Comunica.